a
HomeDe mãe para mãeEvelyn Regly: “Sempre foi o meu sonho ser mãe!”
Evelyn Regly
Evelyn Regly
s

Evelyn Regly: “Sempre foi o meu sonho ser mãe!”

O Dia das Mães da youtuber e blogueira Evelyn Regly será repleto de muito amor e emoção!

Grávida de 23 semanas de Lucas, seu primeiro filho com Diego Cabral, a história de Evelyn com a maternidade poderia se tornar roteiro de filme, daqueles com diversos percalços, dificuldades… e, claro, um final muito feliz.

Depois de passar por uma gravidez ectópica – quando perdeu as duas trompas – e duas tentativas frustradas de fertilização in vitro (FIV), a youtuber seguiu confiante em busca de seu maior sonho: ser mãe!

Confira a entrevista exclusiva com a Evelyn Regly, mamãe de Lucas, para o Blog da Grão de Gente:

Evelyn Regly

Evelyn Regly e o marido, Diego Cabral, na foto que anunciaram a gravidez para os fãs do casal.

Como foi o dia da descoberta da gravidez? O que você fez exatamente depois que soube?

A gente decidiu fazer o tratamento, logo no início de 2018. Eu já tinha falado pro Diego que eu queria fazer no final do ano, que ia trabalhar bastante durante o ano inteiro pra poder fazer o tratamento no final do ano.

Quando a gente fez o tratamento em dezembro, tomou todos os remédios e fez a transferência do embrião no dia 13 de dezembro. Tem que aguardar 15 dias para fazer o exame, só que eu não aguentei e fiz com 11 ou 12 dias, algo assim. Foi no dia do meu aniversário, eu pedi a Deus que eu queria um presente.

Falei “Senhor, se eu tiver grávida, faça com que esse resultado seja positivo no meu aniversário”. Nesse dia, fiz um teste de farmácia e deu positivo. Mandei mensagem pro meu médico e ele falou que não era pra ter feito o teste, pra eu aguardar o dia do exame de sangue.

Fiz esse exame, deu positivo e a gente ficou muito feliz porque é a terceira FIV que a gente faz. Quando eu soube, saí correndo e chorando para acordar o Diego. Eram 6h da manhã. Ele acordou perguntando o que tinha acontecido, falei “Tô grávida, deu positivo!”. Queria ter feito uma surpresa, mas eu tinha que ter contado pra ele na hora.

Evelyn Regly

Evelyn Regly: Sonho de ser mãe a acompanha desde a adolescência.

Depois de diversas tentativas e toda a vontade de ser mãe, como é a sensação de saber que, daqui a alguns meses, o Lucas estará nos seus braços? Já “caiu a ficha”?

Eu acho que caiu a minha ficha, mas só vai “cair” mesmo no momento que eu pegar ele nos meus braços. Ela já começou a cair quando eu senti ele mexer pela primeira vez e agora também, que parece que ele já interage comigo.

A sensação é de gratidão a Deus! A gente sabe que o tempo de Deus não é o nosso e Ele fez tudo na hora certa. Eu tenho certeza que o Lucas está vindo na hora certa. Ele já é muito amado, muito esperado e estou louca pra pegar ele no meu colinho.

Como está a expectativa para o parto?

Eu estou mais ansiosa pra pegar ele nos meus braços, no meu colo, ver a carinha dele, sabe? Eu não estou criando nenhuma expectativa em relação ao parto, até porque (como sempre digo) já fiz tantas cirurgias, que eu não tenho medo de fazer mais uma.

Apesar de ser uma cirurgia mais complexa, como vai ser cesárea eu não estou criando uma expectativa quanto a isso. Minha expectativa maior é pra pegar ele no meu colinho.

Evelyn Regly

O que mudou na tua relação com o Diego depois que se viram “grávidos”?

A gente ficou muito mais unido! Parece que o Lucas está vindo na hora certa para abençoar a nossa família, nosso casamento. A gente está mais cuidadoso um com o outro, se preocupando com o futuro, fazendo planos. Então mudou tudo! A gente está mais unido, mais compreensivo e sonhando mais, com ele aqui com a gente.

O que só a sua mãe sabe sobre você?

Eu acho que só a minha mãe sabe que, desde quando eu tinha 14 anos, eu falava que queria ser mãe. Sempre foi o meu sonho ser mãe e, por uma ironia do destino, foi onde eu tive mais sofrimento.

Com 15 anos de idade, fui diagnosticada com cistite de repetição. O médico falou pra minha mãe que se eu não conseguisse controlar isso, eu teria problemas pra engravidar e foi o aconteceu, né? Perdi minhas duas trompas por conta de infecções urinárias.

Mas eu acredito que nada é por acaso. Eu sei que com o meu depoimento na internet, no meu livro, onde falei sobre os riscos da infecção urinária, importância da higiene e como evitar, por que eu tive esse problema.

Evelyn Regly

Então, eu acredito que tudo que eu passei tem um porquê, tem um motivo. Acho que a minha missão era essa, alertar as pessoas e por isso foi tão difícil. Mas hoje está tudo incrível, agradeço muito a Deus. Meu sentimento é de gratidão!

 

Leia Mais:

Thaeme: “É o Dia das Mães mais especial da minha vida!”

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário