a
HomeGravidezDiferenças entre a primeira e segunda gestação
segunda gestação
segunda gestação
s

Diferenças entre a primeira e segunda gestação

O pequeno foi promovido a irmão mais velho? Parabéns! Na segunda gestação, a maioria dos sintomas não são mais novidades, mas tem outras coisas que são diferentes e é bem legal ficar informada sobre elas, até para não ser pega de surpresa.

Alguns fatores são mais perceptíveis, outros mais discretos, mas existem algumas diferenças entre a primeira e a segunda gravidez que vamos destacar aqui. Confira!

8 coisas que mudam na segunda gestação

1- Preocupações e ansiedades mais controladas

Na primeira vez, tudo é novidade e as coisas mais simples podem gerar preocupações das mamães. É claro que o desenvolvimento e a saúde do pequeno vem em primeiro lugar, inclusive na segunda gestação, mas as neuras podem ficar para trás!

Agora, a mulher já sabe o que fazer. Não busca mais palpites e sim orientação médica. Afinal, alguns receios podem gerar ansiedade que pode atrapalhar a gravidez. 

Não é que não existam mais preocupações. Elas mudam. Agora, tem outro tema em pauta, como a adaptação do irmão mais velho com a chegada do novo membro na família, questões financeiras para as novas despesas e etc.

Cuidar do bebê também não é surpresa. Seja para trocar fraldas, dar banho, limpar o umbigo do recém-nascido e muito mais! Confie na sua experiência.

Outra coisa que pode mudar é a questão do tempo. Na segunda gestação, a ansiedade de conhecer o pequeno é menor, a mãe já sabe que tudo é questão de tempo e que as coisas não estão no controle dela. 

segunda gestação

2- Cansaço pode ser maior

Geralmente, a segunda gestação provoca um cansaço maior. E não tem a ver com o tamanho da barriga e os sintomas comuns do período. Agora, já existe um grãozinho de gente que demanda cuidados e responsabilidades. 

Dependendo da idade do filho mais velho, as noites não são tão bem aproveitadas para dormir e isso pode ser somado a dificuldade de dormir na gestação. Ninguém merece ser acompanhado de insônia, né? Por isso, tente fazer atividades relaxantes que auxiliam no sono.

3- Barriga tende a aparecer mais rápido

Pode ser que a barriga apareça antes do que o esperado na segunda gestação. É normal já perceber um volume a partir dos 3 meses.

Isso acontece porque durante a primeira gravidez, o corpo da mulher se preparou e fortaleceu a musculatura e a região acaba ficando mais flácida. 

4- Chutes mais intensos

Na segunda gestação, seu jogador ou jogadora de futebol vai parecer bem mais ativo! Muitas mulheres relatam que sentiram o bebê mexendo e chutando mais cedo do que na primeira gravidez.

Enquanto no primeiro filho a sensação pode surgir por volta da 22ª semana, na segunda gravidez é possível que seja na 18ª semana. 

segunda gestação

5- Enxoval assertivo e funcional

Agora, a mamãe já sabe o que funciona e não funciona no enxoval do bebê. Com isso, pode escolher as peças mais importantes para o momento, ainda mais se os dois filhos forem do mesmo sexo. 

Além disso, o caçula pode herdar roupinhas e objetos do primogênito, o que significa uma economia para os pais e gerar boas lembranças para a família! 

6- Sintomas mais perceptíveis 

Há bastante relatos de que a segunda gravidez pode trazer azia e dores musculares maiores, por exemplo. Não é regra, mas fique preparada.

É importante não criar expectativas e comparações com a primeira gestação. É um novo ser que está sendo gerado, então até isso pode afetar o corpo da mamãe. Cada gravidez é única. 

7 – Peso regulado

Na segunda gravidez, as mulheres já sabem a importância de uma boa alimentação, praticar exercícios físicos moderados e cuidar do ganho de peso para não ter consequências negativas. 

Então, o ganho de peso acaba sendo mais moderado. A curiosidade é que embora isso aconteça, os bebês da segunda gestação podem nascer mais pesados!

segunda gestação

8 – Parto mais tranquilo 

Um sintoma que pode ser sentido mais cedo na segunda gravidez são as contrações de treinamento. Mas não precisa se preocupar! Caso aconteça, entre em contato com o médico para avaliar o melhor procedimento.

O trabalho de parto também pode ser diferente. O sinais já não são mais desconhecidos, serão logo percebidos, o que pode ocasionar um processo mais curto. 

Se caso o primeiro parto não tenha sido conforme a vontade da família, a segunda gravidez traz uma nova oportunidade de repensar o tipo de procedimento, por exemplo. Claro, de acordo com orientação de toda a equipe médica para ser o melhor para o bebê e para a mamãe.

Caso a família opte pelo mesmo tipo de parto, a mãe estará mais preparada fisicamente e psicologicamente. 

segunda gestação

E aí, quais foram as principais diferenças da primeira para a segunda gravidez para você?

Leia mais:

10 coisas que você precisa saber sobre o segundo filho

Sonhos estranhos na gravidez: por que acontecem?

É normal sentir dor no umbigo na gravidez?

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário