a
HomeGravidezPré-natal masculino: Um novo olhar sobre a paternidade ativa
pré-natal masculino
pré-natal masculino
s

Pré-natal masculino: Um novo olhar sobre a paternidade ativa

A ideia de que acompanhar a saúde na gestação é responsabilidade única da grávida é um dos fatores que colaboram para a responsabilidade integral dos filhos sobre as mulheres. Para combater essa desigualdade, surge o pré-natal masculino, um programa do Ministério da Saúde que previne doenças e estimula a prática de uma paternidade ativa.

pré-natal masculino

pré-natal masculino

Clique na imagem para acessar o Guia do Pré-Natal do Parceiro

Segundo o Guia do Pré-Natal do Parceiro, a iniciativa sucedeu de um movimento crescente no Brasil que defende o envolvimento do homem em tudo o que diz respeito à tomada de decisão reprodutiva, desde a escolha de ser pai à participação solidária na gestação, no parto e no cuidado e na educação das crianças.

Como funciona o pré-natal masculino

Ao obter resultado positivo no teste de gravidez em uma unidade de saúde, a gestante logo é vinculada à rotina do pré-natal no SUS. Se o parceiro estiver presente, o Ministério da Saúde já recomenda a realização de exames e testes no momento. Caso o homem esteja ausente, cabe à parceira convocá-lo. 

O check-up consiste em uma bateria de exames de sangue que avaliam a situação de saúde do homem e a confirmação de tipagem sanguínea. Entre os exames, estão sorologia para hepatite B e C, HIV e sífilis, diabetes, colesterol e pressão arterial.

Além dos testes e atualização da carteira de vacinação, o parceiro recebe informações sobre o risco e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, a possibilidade de realização da cirurgia de vasectomia e, caso necessário, lhe são solicitados outros exames preventivos, como de próstata.

Dica: Antes de tentar engravidar, é fundamental que tanto a mulher quanto o homem realizem uma bateria de exames para descartar qualquer suspeita de doenças sexualmente transmissíveis.

Onde mais entra o pai?

Antes do nascimento

– É importante familiarizar o bebê com a sua voz e o seu carinho enquanto ele estiver na barriga. Você pode fazer isso com carinhos, conversas e cantarolando canções.

pré-natal masculino

Depois do nascimento

– Coloque o pequeno para arrotar logo após a mamada em posição vertical por pelo menos dez minutinhos.

– Sabia que os homens podem ajudar (e muito!) quando o bebê estiver com cólica? Como eles têm a temperatura mais elevada que as mulheres, fazer uma massagem junto com a posição barriga com barriga e perninhas escolhidas pode solucionar o incômodo.

– Aproveite a hora do banho do bebê para estreitar os laços entre pai e filho. E faça dessa prática uma rotina! Que tal eleger o banho como sua responsabilidade?

pré-natal masculino

A implementação do pré-natal masculino cabe às unidades de atenção básica dos municípios. Segundo dados de 2014 do Ministério da Saúde, a ação está presente nas políticas de saúde dos 26 Estados e do Distrito Federal e de 80 municípios com mais de 100 mil habitantes.

pré-natal masculino

O pré-natal masculino foi um projeto pioneiro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), com retorno positivo: mais de 80% dos futuros pais aderiram ao pré-natal, aceitaram fazer todos os exames e acompanhar as esposas em todas as consultas.

Leia mais

Pré-natal: Entenda mais sobre os exames na gravidez

Pré-Natal Psicológico: Fortaleça seu emocional

10 dúvidas sobre inchaço, trombose e varizes na gravidez

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Comentário
  • Aqui em Mato Grosso iniciamos o Pre-natal pelo SUS. Mas a experiência infelizmente é horrível. Médicos insatisfeitos e frustados sequer olham na cara da mulher quanto mais do pai. Ninguém falou comido sobre nada disso nem pediu exames. Parabéns à Ribeirão Preto pelo exemplo!

    16 de setembro de 2018

Deixe um comentário