a
HomeGravidezAmamentaçãoOs benefícios da amamentação em livre demanda
mãe amamentando em livre demanda
mãe amamentando em livre demanda
s

Os benefícios da amamentação em livre demanda

Amamentar em livre demanda é dar o peito sempre que ele sentir vontade, sem horários pré-determinados e no ritmo do pequeno. De uns tempos para cá, o conceito da amamentação em livre demanda está ganhando cada vez mais espaço e conquistando o coração das mamães.

Apesar do conceito da amamentação em livre demanda estar mais difundido, a enfermeira especializada em amamentação Lorena Oliveira, do Blog da Lo, conta que muitas mamães ainda acham que precisam estipular um horário para amamentar o bebê ou, muitas vezes, são orientadas por alguns profissionais que ainda recomendam essa prática. Mas, na verdade, o ideal é praticar a amamentação em livre demanda, que traz inúmeros benefícios para a mãe o bebê!

 

Aumenta a produção de leite materno

O bebê que é amamentado em livre demanda usufrui de grandes vantagens, como perder menos peso após o nascimento e estimular precocemente a produção de leite da mãe.

“Aproximadamente 80% do leite é produzido durante a mamada, ou seja, quanto mais o seu bebê sugar, mais leite será produzido. Não é à toa que a amamentação na primeira hora de vida é tão recomendada. Além de fortalecer o vínculo afetivo entre mãe e bebê, ela adianta a imunização do pequeno através do colostro e a estimulação da produção de leite materno”, explica a enfermeira especializada em amamentação.

 

amamentação em livre demanda

 

Mais benefícios da amamentação em livre demanda

Lorena conta que oferecer o peito em livre demanda também poupa as mães de enfrentarem algumas dificuldades vinculadas a amamentação, como as mamas ingurgitadas e endurecidas – o agravamento dessa situação pode se transformar em mastite ou, até mesmo, abcesso mamário. “Dar o peito sempre que o bebê quiser, evita que o seu leite fique estocado e você desenvolva algum desconforto”, complementa a profissional.

Quando você estipula um horário regrado para a amamentação, corre o risco do bebê estar com muita fome e sugar o seio da mãe com muita força e, consequentemente, promover as temidas fissuras e rachaduras mamilares.

Essa situação não ocorre quando a mãe amamenta o bebê no tempo dele. “Quando a livre demanda entra em ação e você alimenta o pequeno sempre que ele “pede”, ele irá mamar com mais tranquilidade, menos afobação e tudo fluirá perfeitamente entre vocês. As rachaduras e fissuras mamilares exigem persistência e paciência por parte das mães para serem cicatrizadas, pois doem e, infelizmente, estão entre as maiores causas de desmame precoce”, explica Lorena.

 

O leite materno é digerido facilmente pelo bebê

Mesmo quando você amamenta em livre demanda, é normal o bebê pode pedir o peito em um pequeno intervalo de tempo. Atenção, mamães: “isso não quer dizer que o seu leite é fraco ou insuficiente, é simplesmente pelo leite materno ser facilmente digerido pelas crianças.

A enfermeira especializada em amamentação revela que quando o complemento é oferecido, a mãe pode ter a falsa impressão de que houve sustento. Isso acontece porque a composição das fórmulas lácteas é bem mais difícil de ser digerida pelo neném e, por isso, o esvaziamento do estômago e a sensação de fome demoram mais.

 

O bebê emite sinais antes do choro

O bebê emite sinais quando quer mamar. Geralmente, quando ele chora de fome, significa que está realmente faminto! Antes do choro, a criança consegue expressar gestos que permitem a mãe associar a ação com a oferta do leite materno. Mas, para isso, é preciso também diferenciar quando o choro é de fome está interligado a outro motivo, por exemplo, xixi, cólicas, cocô, ou apenas aconchego!

 

Aleitamento exclusivo e introdução alimentar

É legal ressaltar que o aleitamento materno deve ser exclusivo até os seis meses de vida do bebê, não precisando haver nesse período nenhuma complementação, nem mesmo água. A partir dos seis meses da criança, começa a introdução alimentar, e a partir daí novos alimentos serão introduzidos e uma nova rotina se iniciará. Lembre-se: a livre demanda é definitivamente o tempo de duração da mamada!

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário