a
HomeGravidezQuando induzir o parto é necessário?
induzir o parto
induzir o parto
s

Quando induzir o parto é necessário?

A ansiedade é um dos principais sentimentos experimentados pelas gestantes na reta final da gravidez. Com tudo pronto para a chegada do bebê, a futura mãe inicia uma contagem regressiva para o trabalho de parto, que parece nunca chegar quando se ultrapassa o marco da 40ª semana. Será que é necessário induzir o parto?

É preciso ter calma! A decisão pelo parto induzido envolve diversos fatores médicos e não depende unicamente da vontade da gestante. Especialistas em obstetrícia indicam o parto vaginal induzido somente quando o trabalho de parto não começa sozinho após as 41 semanas (termo considerado tardio no Brasil) ou quando existem condições que colocam em risco a vida da mãe e/ou do bebê.

Vale lembrar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que a gestação pode chegar às 42 semanas. Já os médicos brasileiros têm uma posição mais conservadora, estipulando as 41 semanas como o período seguro.

induzir o parto

Induzir o parto é necessário quando:

  • Houve rompimento da bolsa, mas o trabalho de parto não começou em até 24 horas. Nesses casos, os médicos optam por induzir o parto para minimizar o risco de infecções no útero, que está desprotegido.
  • Gravidez chegou a 41ª semana, sem sinal de início de trabalho de parto.
  • Quando a mãe possui alguma doença, como hipertensão ou diabetes gestacional. No Brasil, o procedimento mais comum é indicar a cesariana nesses casos, mas a indução do parto é adotada de forma rotineira no restante do mundo.

Como funciona o parto induzido?

A indução do parto depende das condições do colo do útero da mulher. Se ele ainda não começou a afinar, sendo considerado imaturo, o médico pode utilizar métodos mecânicos ou hormônios para induzir o parto.

Entre esses métodos, podemos citar o rompimento artificial da bolsa – procedimento considerado desconfortável – ou exames de toque mais intensos. Também podem ser administrados medicamentos via oral ou inseridos na vagina.

Já para as gestantes que estão começando a dilatar, o médico pode optar pela administração de ocitocina sintética, diretamente na veia. O hormônio é o responsável por iniciar o trabalho de parto e é produzido naturalmente pelo organismo da mulher.

induzir o parto

Independente do método escolhido, o próximo passo é aguardar o início das contrações, que podem demorar de horas a alguns dias. O obstetra orientará a gestante sobre os sintomas que ela deve observar e quando se dirigir ao hospital.

E quando a indução não funciona?

Somente o médico pode avaliar se a indução do parto não irá “funcionar”, pois o estado do colo do útero e a posição do bebê são fatores que influenciam diretamente no sucesso do procedimento.

E mesmo que a gestante sinta algumas contrações, elas podem não ser suficientes para dilatar o colo do útero. O médico irá acompanhar a evolução do trabalho de parto, monitorando os batimentos cardíacos do bebê, para avaliar se há possibilidade de seguir com o parto induzido ou partir para uma cesariana.

Leia mais

Cuidados na gravidez e um pós-parto mais saudável

Sexo pós-parto: 10 principais dúvidas

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Comentário
  • Olá! Eu passei por indução com 39 semanas e seis dias. Eu já estava tendo contrações bem dolorosas desde as 36 semanas porém eu não tinha nem um milímetro de dilatação. Na quarta feira de cinza meu bebê, que mexia sempre o dia todo, estava muito quieto então eu corri para o pronto socorro da maternidade. O meu bebê já estava medindo 51 cm e estimando 3,800. A Dra me disse que seria inviável me deixar sair dali naquele estado e me perguntou o que eu gostaria de fazer, induzir ou cesária. Eu optei pela indução mesmo ela explicando que o trabalho de parto por indução é muito mais doloroso e demorado… Por fim meu bebê acabou descendo de mal jeito e desencaixou! Depois de quase 20 hrs ele nasceu por cesária com 3,975 kg. Não me arrependo das minhas escolhas, deu tudo certo no final. Ele nasceu forte, saudável e sorrindo! 🙂

    27 de maio de 2018

Deixe um comentário