a
HomeGravidezA hora de ouro: o que é e qual é sua importância para a mãe e o bebê?
Hora de ouro: importância para a mãe e o bebê
Hora de ouro: importância para a mãe e o bebê
s

A hora de ouro: o que é e qual é sua importância para a mãe e o bebê?

Você já ouviu falar na hora de ouro do recém-nascido? Esse momento, também conhecido no termo em inglês, “golden hour” (hora dourada), refere-se à primeira hora de vida do bebê, logo após seu nascimento. É o instante mais importante para a criança, e é essencial que seja vivido junto à mãe, pele com pele.

Depois de tanta espera para ver o seu bebezinho, a mãe aguarda ansiosamente por esse momento mágico. Estudos mostram que essa primeira hora pós-nascimento ajuda a proteger a saúde da criança, como também da mãe.

Entenda melhor o que acontece na hora de ouro do recém-nascido

A gravidez é um período onde o corpo da mãe passa por diversos acontecimentos, assim como no trabalho de parto e nas horas seguintes após o nascimento da criança. As mudanças significativas experimentadas nesse instante especial e muito particular da vida de uma mulher provoca reações químicas no cérebro da mãe que aumenta o desejo de nutrir o bebê.

Hora de ouro do recém-nascido

Sendo assim, a amamentação durante a primeira hora de vida do bebê melhora taxas de sobrevivência, onde ele receberá o colostro – considerado a “primeira vacina” de um recém-nascido – e poderá desfrutar dos benefícios do leite materno logo quando nasce. Além disso, as mães que passam por esse momento sublime têm maiores chances de amamentar por mais tempo.

A chamada hora de ouro, ou seja, o primeiro contato pele com pele entre mãe e bebê, após o nascimento, assim como o ato de amamentar, libera hormônios no corpo da mulher. A ocitocina é um deles, muito conhecida como o “hormônio do amor”. E, você sabia que o bebê ingere a ocitocina pelo leite materno? Pois é! Esse hormônio reforça o vínculo entre ambos durante a golden hour.

Outros benefícios que a hora de ouro promove à mãe e ao bebê

Além de toda a carga de ocitocina provida para o bebê através da amamentação, outras substâncias liberadas pelo corpo da mãe durante esse primeiro contato tão importante, permitem outros benefícios tão importantes quanto. Veja:

  • o útero tende a se contrair e parar o sangramento;
  • menor chance de depressão pós-parto;
  • níveis de estresse para a mãe e bebê diminuem;
  • redução dos riscos de hemorragia pós-parto;
  • fortalecimento da imunidade do recém-nascido.

Hora de ouro do recém-nascido

Sem dúvidas, a hora de ouro é um momento muito importante e significativo para a mãe e o bebê, aquele instante onde a mamãe pode aconchegar seu filho, senti-lo nos braços, perceber seu cheiro, e vice-versa. Todo esse instinto materno precisa ser levado em conta, por isso, aquela velha prática de entregar o bebê à mãe somente após uma limpeza e pesagem tem sido abandonada.

É fundamental que haja uma conversa com a equipe médica, para que no pós-parto, a mãe garanta esse momento tão particular e especial, chamado hora de ouro. Assim que o médico verificar os sinais vitais do recém-nascido e perceber que não há necessidade de exames mais completos naquele instante, ele deve entregar o bebê à mãe.

Mamãe, quer ter um conteúdo exclusivo e mais aprofundado sobre maternidade, gravidez e desenvolvimento do bebê? A Beabá é a plataforma de cursos da Grão de Gente que reúne todos esses temas e muito mais! Acesse a imagem abaixo e conheça o site.

Beabá Grão de Gente

Leia mais:

Guia rápido: conheça os tipos de ultrassom na gravidez

10 perguntas que você precisa fazer na primeira consulta pré-natal

Queda de cabelo pós-parto é normal? Conheça as causas mais frequentes

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário