a
HomeGravidezAmamentaçãoDúvidas sobre amamentação [Concilie com a volta ao trabalho!]
dúvidas sobre amamentação
dúvidas sobre amamentação
s

Dúvidas sobre amamentação [Concilie com a volta ao trabalho!]

Depois de meses cuidando do bebê, com amamentação exclusiva e em livre demanda, a licença maternidade chega ao fim e é hora de retornar à rotina corrida. Muitas mamães têm dúvidas sobre amamentação e volta ao trabalho. Pensando nisso, a Grão de Gente promoveu uma transmissão ao vivo nas redes sociais com a especialista em amamentação Sandra Abreu, que respondeu várias perguntas sobre o assunto.

Dúvidas sobre amamentação e volta ao trabalho: como meu bebê vai mamar?

Espectador GdG – Meu bebê tem dois meses e tem alergia à proteína do leite de vaca. Mama muito e em livre demanda. Volto a trabalhar em abril, quando preciso começar o estoque de leite materno? Por quanto tempo ele pode ser armazenado?

Sandra Abreu – É importante começar a estimular o peito um mês antes dessa nova fase. Como fazer isso? Depois que o bebê terminar a mamada, esvazie o peito. Chacoalhe antes e esgote. É preciso também treinar a pessoa que vai cuidar do bebê a dar o leite em um copinho ou colher dosadora, evitando os bicos artificiais, que podem provocar um desmame precoce (desmame antes dos dois anos de idade).

A validade do leite materno cru ordenhado é de 15 dias no freezer e de 12 horas na geladeira. Para armazená-lo, o ideal é que você comece a tirar 15 dias antes, guardando preferencialmente em um pote de vidro com tampa de plástico, ou em plásticos próprios. É preciso colocar a data da primeira coleta no recipiente. Pode colocar o leite em cima do que já havia sido retirado no dia anterior e que já está congelado.

Não recomendo que armazene uma grande quantidade de uma vez. O ideal é guardar cerca de 100ml até para evitar a contaminação por quem o está manuseando.

dúvidas sobre amamentação

O leite materno pode ser ordenhado manualmente ou com a ajuda de bombas especiais para que seja oferecido ao bebê enquanto a mamãe está no trabalho.

Espectador GdG – Como descongelar o leite materno armazenado? Deixo fora da geladeira ou aqueço para que seja mais rápido?

S.A. – Tanto faz. Você pode tanto tirar da geladeira à noite para dar de manhã, quanto tirar do freezer, esquentar uma água (sem ferver), apagar o fogo e ir passando a mamadeira nessa água para ir descongelando aos poucos. Não é para aquecer, somente para quebrar o gelo. O leite descongelado não pode ser congelado novamente, só pode ser guardado por 12 horas na geladeira.

Espectador GdG – Depois que o leite seca, tem como voltar?

S.A. – Essa é umas das principais dúvidas sobre amamentação. Sim, muitas vezes o estresse pode secar o leite. O recomendado é colocar o bebê para mamar. Quanto mais ele sugar, mais estímulo para a produção. A principal dica é não se estressar.

Tirando dúvidas sobre amamentação

Espectador GdG – Estou grávida e minha bebê tem gastrosquise. Por conta disso, ela ficará um tempo na UTI com sonda. Quais são as dicas para o bebê aceitar bem o peito depois de não ter sido estimulado por tanto tempo? E como fazer para estimular a produção de leite?

S.A. – Alguns hospitais aceitam o leite da mãe para que seja dado pela sonda, é preciso verificar o caso dessa UTI. É importante manter a produção de leite, porque saindo da UTI, o bebê vai precisar muito do leite materno, como um remédio. É preciso estimular o peito, de preferência com uma ordenhadeira elétrica e estímulos de duas em duas horas.

Espectador GdG – Estou esperando gêmeas. Gostaria que tirasse algumas dúvidas sobre amamentação gemelar. Eu tenho que suplementar com fórmula ou o aleitamento exclusivo em livre demanda sustentará as duas?

S.A. – Muitas mulheres conseguem amamentar gêmeos exclusivamente, outras não. Amamentar não depende só da mãe, depende dos bebês, de uma rede de apoio, de vários fatores. Com uma rede de apoio, com certeza você conseguirá. Em relação à produção, quanto mais tira, mais leite é produzido. Pode ficar despreocupada. É mito pensar que gêmeos precisam sair da maternidade com fórmula prescrita.

Espectador GdG – Meu filho tem 11 meses. É verdade que meu leite não traz mais benefícios para ele?

S.A. – Seu leite é o que mais traz benefícios para o bebê. No Brasil, a recomendação é amamentar, no mínimo, até os dois anos. Ofereça à vontade, ele é rico em tudo o que o seu filho precisa.

Espectador GdG – É verdade que mães adotivas podem amamentar?

S.A. – As mães adotivas têm a mesma probabilidade de conseguir amamentar do que as mães que geraram. Isso por causa dos hormônios e do estímulo. Os hormônios podem ser estimulados com o auxílio de remédios. Um mês antes da adoção, você pode ver com seu médico quais são os remédios indicados nesse caso. Um especialista também pode ajudar no estímulo do peito. O importante é se preparar e tentar.

Sandra Abreu ainda deu um recado especial para todas as mamães: “Não existe leite fraco. Não há nada que se compare ao leite materno, que possui mais de 250 propriedades vivas de imunidade própria da mãe para o bebê”. Quer saber mais? Veja a transmissão ao vivo completa com a especialista em amamentação.

Sandra Abreu
Instagram: @anjosdoleite
Facebook: Anjos do Leite

Leia mais

Amamentação é um trabalho em equipe: Como o pai pode ajudar?

Os benefícios da amamentação em livre demanda

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário