a
HomeBebêSinais de autismo em bebê: saiba como identificar
sinais de autismo em bebê
sinais de autismo em bebê
s

Sinais de autismo em bebê: saiba como identificar

O desenvolvimento infantil é diferente para cada criança e logo nos primeiros meses já é possível identificar alguns sinais de autismo em bebê, transtorno que afeta a comunicação e capacidade de aprendizado. 

shutterstock_387995890

Existem diferentes sinais de autismo em bebê?

Sim! Sabemos da importância de entender melhor sobre o assunto, já que o autismo se manifesta em diferentes graus, de leve a severo. Por isso, quanto mais cedo é identificado, maiores são os progressos da criança. 

Confira quais são os comportamentos que podem acender a luz amarela para os papais antes mesmo do primeiro ano:

shutterstock_785992975

1 – Mudança de comportamento

Conhecida como autismo regressivo, ela acontece quando o bebê começa a perder habilidades de fala, socialização e atenção compartilhada. 

Outros sinais de autismo em bebê comum é não olhar para a mamãe durante a amamentação, não interagir com ninguém e evitar o contato visual com as pessoas.

shutterstock_363625337

2 – Reação a sons

O bebê autista tem uma audição seletiva. Ou seja, não responde a todos os chamados e costuma se fixar em algum objeto que prende a sua atenção. 

Ele não demonstra interesse a barulhos e não reage a nenhum tipo de som, o que pode deixar seus pais preocupados, pensando na possibilidade de surdez. 

shutterstock_1273059046

3 – Dificuldade na comunicação

Geralmente, os bebê repetem algumas palavras, mas não se comunicam de forma funcional, como ao chamar e pedir algo. 

As crianças com mais de dois anos costumam formar pequenas frases, mas no caso do autismo é comum que eles não usem mais de duas palavras. 

shutterstock_1022253304-1

4 – Desenvolvimento motor

Para pedir e apontar para algo que deseja, o bebê se limita a usar o dedo de um adulto ao invés de usar a própria mãozinha. 

Após um ano de vida, uma das características do autismo são os movimentos repetitivos como girar as mãos, bater na cabeça ou ficar se balançando. 

shutterstock_1319345675-1

5 – Interação social

Alguns bebês perdem a capacidade de socializar, sorrir ou demonstrar alegria, o que pode fazer com que muitos papais confundam o autismo com personalidade difícil. 

Além disso, eles podem ter dificuldades em brincar com outras crianças e chorar muito alto. 

shutterstock_1213164598-1

O que fazer se suspeitar de autismo?

Para confirmar o diagnóstico nos bebês, alguns testes são realizados pelos neuropediatras ou psiquiatras infantis. Mas, muita calma nessa hora! 

Por mais que o autismo não tenha cura, quando é identificado de forma precoce, é possível fazer terapias e fonoaudiologia para melhorar a comunicação, reduzindo os sintomas de forma drástica. 

shutterstock_645896563-1

Com o tratamento correto, o bebê autista pode se desenvolver normalmente e ter uma vida semelhante à de outras crianças de sua idade. 

Leia mais:

Dia Mundial de Conscientização do Autismo: Entender para incluir

Instinto materno existe?

O antes e depois de crianças prematuras

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário