a
HomeBebêPrincipais dúvidas e benefícios de engatinhar no desenvolvimento do bebê
engatinhar
engatinhar
s

Principais dúvidas e benefícios de engatinhar no desenvolvimento do bebê

Engatinhar faz parte das etapas de desenvolvimento das crianças. Algumas começam rolando, outras tateando o ambiente, e ainda tem aquelas que pulam essa fase e querem andar direto.

O importante é estimular o pequeno quando ele estiver preparado e respeitar o tempo de cada criança. Geralmente, os bebês começam a engatinhar após os seis meses, quando já conseguem sustentar seu próprio corpo com as mãos e joelhos.

O processo de aprender a engatinhar pode se prolongar até o décimo mês, quando é comum que o bebê comece a ficar de pé e, depois, passe a caminhar.

engatinhar

Confira algumas dúvidas sobre engatinhar:

1- Todos os bebês engatinham antes de andar?

Não! É um processo natural de desenvolvimento. É esperado que aconteça aos poucos. Primeiro, o bebê começa a sustentar a cabeça, depois o tronco para que possa sentar e então os braços e pernas ganham força para engatinhar. No entanto, alguns pequenos podem começar a andar sem passar por essa fase. 

A única preocupação sobre isso é caso haja outros atrasos no desenvolvimento. As famílias devem ficar atentas e tirar as dúvidas com o pediatra que os acompanha. 

2- Existem diferentes formas de engatinhar?

Sim! Engatinhar é uma habilidade complexa que envolve muito equilíbrio. Cada bebê tem seu jeito de aprender a se movimentar, inclusive em todos chegam no modo tradicional de engatinhar com as mãos e joelhos cruzados.

  • Como um urso: os cotovelos e joelhos ficam esticados, apoiando as mãos e pés no chão. 
  • Como um caranguejo: se move para trás ou para os lados, pegando impulso para a frente com as mãos. É comum quando se está aprendendo a habilidade. 
  • Com a barriga ou o bumbum: arrasta a barriga no chão ou fica sentado, usando as mãos para se mover.

engatinhar

Benefícios de engatinhar para o desenvolvimento infantil

  • Auxilia no desenvolvimento físico

Engatinhar desenvolve músculos da cabeça, pescoço, braços, costas e pernas. 

Há estímulo nas habilidades motoras grossas, importantes como uma base para andar, correr e pular e também habilidades motoras finas, que fortalecem músculos menores, como mãos e dedos, para pegar objetos, escrever e se vestir. 

O equilíbrio é aprimorado, essencial para a próxima fase: andar!

engatinhar

Outro benefício que não é tão óbvio é a coordenação dos olhos e da mão. Ao engatinhar, o bebê precisa direcionar a atenção para um lugar e mover as mãos para executar a tarefa. 

  • Promove o desenvolvimento cognitivo

Engatinhar estimula o funcionamento dos dois hemisférios cerebrais (direito e esquerdo), afinal, o cérebro precisa processar a audição, a visão e o movimento, simultaneamente. 

  • Melhora a compreensão dos espaços

Ao engatinhar, o bebê descobre o tamanho do mundo ao seu redor, inclusive percebe sua posição nele. É muito importante para evitar acidentes domésticos, como ficar preso em algum lugar menor que ele. 

Por falar em acidentes, se o bebê está engatinhando, cuidado com objetos pontiagudos e tomadas. Não deixe nada ao alcance que possa machucar o pequeno. 

engatinhar

  • Aperfeiçoa a visão

A capacidade de enxergar de perto e de longo melhora, ajudando o bebê a entender as distâncias, por exemplo.

  • Estimula a autoconfiança

É uma verdadeira festa quando o bebê engatinha pela primeira vez e nas demais ocasiões. Isso ajuda a desenvolver um senso de confiança nas interações com as pessoas e com o ambiente. 

Com o tempo, a autoconfiança também é estimulada quando ele aprende a tomar decisões simples, como diminuir a velocidade para não se machucar, desviar de obstáculos e até decidir aonde quer ir. 

  • Desenvolve a força física

Quando se apoia para engatinhar, o bebê ganha mais força nos membros, desenvolvendo a força física para andar e fazer outras atividades do dia a dia. 

Como estimular o bebê a engatinhar?

Todos os processos para engatinhar devem ser acompanhados por um adulto! Você pode:

  • Praticar o tummy time

Para engatinhar, o bebê precisa fortalecer a massa muscular. Ao colocar ele de bruços no chão (tummy time), você contribui para isso, estimulando os movimentos que serão como uma preparação para começar a engatinhar. 

engatinhar

  • Usar espelhos 

Coloque o objeto de frente para o bebê. A curiosidade será aflorada e ele vai se esforçar para se aproximar do espelho. Pode até ser posicionado no quarto de bebê, desde que esteja fixo e não tenha nenhum detalhe que possa machucar a criança.

  • Dar o exemplo

Ao ver os pais fazendo, logo vão observar e querer imitar o movimento. A ação facilita o aprendizado e ainda é muito divertida! Pode ser até um momento de diversão entre a família.

engatinhar

  •  Utilizar brinquedos

Sabe aquele brinquedo favorito? Coloque-o um pouco mais afastado que o normal, longe das mãos do bebê. Dessa forma ele vai tentar chegar até ele. 

engatinhar

Gostou do conteúdo? Engatinhar é uma etapa super interessante no desenvolvimento infantil. O seu pequeno passou por ela ou andou direto? Conta pra gente!

Leia mais:

Chupar o dedo faz mal? Entenda o comportamento infantil

Atraso na fala: quando é preciso se preocupar?

Autonomia das crianças: como e quando estimular?

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário