a
HomeBebêRepelentes em crianças: o uso requer cuidados. Veja quais!
repelentes em crianças
repelentes em crianças
s

Repelentes em crianças: o uso requer cuidados. Veja quais!

Já pintou o Verão e junto com ele a chegada dos mosquitos. No calor, a presença desses bichinhos é mais constante, para nossa infelicidade.  Para proteger os pequenos do incômodo da coceira das picadas e de doenças como a dengue, uma solução muito comum é o uso de repelentes em crianças. 

Atenção: os pais precisam estar atentos ao produto correto. Vamos te explicar todos os cuidados, confira!

Repelentes em crianças: não são liberados para todas as idades!

De acordo com o infectologista pediátrico do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) Marcio Nehab, a norma do Ministério da Saúde e da Anvisa é que bebês abaixo dos seis meses não devem utilizar nenhum tipo de repelente, usando apenas barreiras de proteção, como roupas de manga comprida e mosquiteiros.

repelentes em crianças

Bebês entre seis meses e dois anos de idade podem usar repelentes à base de IR 3535 30%, apenas em situações especiais, com orientação e acompanhamento médico. 

Já o uso de repelentes em crianças entre 2 e 12 anos, deve ser à base de DEET com concentração de 10% ou então Icaridina, também de uso infantil. Lembrando sempre:  mantenha os repelentes fora do alcance de crianças e não permita sua autoaplicação.

repelentes em crianças

Fica a dica: Sempre confira o rótulo dos produtos e consulte o pediatra! Também verifique na embalagem o tempo de ação de cada repelente e lembre-se: não devem ser aplicado mais do que três vezes ao dia em crianças! 

Cuidados na hora da aplicação

É preciso prestar atenção em alguns pontos para aplicar repelentes em crianças: evite o uso próximo a mucosas (boca, nariz, olhos, genitais) ou em pele irritada ou ferida. Evite passar o produto nas mãos dos pequenos, pois eles podem colocar na boca ou coçar os olhos. Ao passar no rosto, primeiro coloque o produto nas mãos e depois espalhe. 

repelentes em crianças

Uma dúvida muito comum é se existe um repelente “melhor” entre  formas aerossol, creme ou líquido. Ambos têm a mesma eficácia, porém a versão spray demanda mais cuidado ao passar. 

Praia, natureza, mosquitos e repelentes: como lidar?

Nesta época de férias, é mais comum a criança entrar em contato com mosquitos, pois eles se proliferam com mais intensidade em lugares próximos da natureza, no calor e são atraídos pelo suor. As famílias que têm a oportunidade de viajar para a praia ou campo, precisam saber como proteger os pequenos do sol e também desses insetos.

repelentes em crianças

Vamos te ajudar: primeiro passe o protetor solar, espere a pele absorver o produto e secar, depois aplique o repelente. 

Atenção: não passe repelentes em crianças antes de dormir!

Nem todo mundo sabe, mas o repelente deve ser retirado assim que não for mais necessário com água e sabonete. Chegou em casa do passeio? Hora de tomar banho e tirar o repelente!

repelentes em crianças

Na teoria, faz sentido – mas na prática a realidade é outra! A recomendação médica é que o repelente não fique tanto tempo em contato com a pele por ser uma substância química e também porque a criança pode colocar acidentalmente a mão na boca e ingerir a substância.

Veja algumas dicas para lidar com os mosquitos:

  • Inseticida de tomada (deve ficar longe do berço ou da cama – uma distância de mais de dois metros da cabeça da pessoa
  • Use mosquiteiro; 

repelentes em crianças

  • Deixar ventiladores ou ar-condicionado ligados;
  • Procure vestir as crianças com roupas claras, pois peças muito coloridas atraem os insetos;
  • Evite o uso de perfumes;

Leia mais:

Birra de criança: tudo o que você precisa saber sobre esse comportamento!

8 dicas para manter a hidratação das crianças no verão

5 receitas saudáveis que as crianças vão amar

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Comentário
  • Muito boas dicas sobre como evitar os mosquitos. Parabéns.

    18 de janeiro de 2021

Deixe um comentário