a
HomeBebêCrise dos 4 meses: o que é a regressão do sono do bebê?
crise dos 4 meses
crise dos 4 meses
s

Crise dos 4 meses: o que é a regressão do sono do bebê?

Se o seu bebê dormia como um anjo e a partir do quarto mês começou a acordar diversas vezes durante a noite, ele pode estar passando pela primeira regressão do sono ou a crise dos 4 meses, como é popularmente conhecida. 

Esse período pode durar de duas a seis semanas e coincide com o desenvolvimento de novas habilidades como rolar, engatinhar, entre outras. Sabemos que essa agitação noturna pode deixar muitos papais confusos, surpresos e sem saber o que fazer. Por isso, reunimos algumas dicas simples para que você possa dar adeus às olheiras!

crise dos 4 meses

O que é a crise dos 4 meses?

A crise dos 4 meses se caracteriza por uma mudança brusca de comportamento com atitudes como rolar no berço, ficar irritado, chorar com mais frequência, ter maior sensibilidade a temperatura e a luz.

Isso acontece porque, aos 3 meses, o bebê sai daquele período que chamamos de exterogestação, tempo em que ele começa a perceber que é um indivíduo separado da mamãe e passa a observar o mundo ao seu redor! 

Novas sensações, sons, cores e estímulos são processados pelo cérebro, que está “bombando” com cada informação nova! Tudo isso tem impacto direto no sono, quando o pequeno não consegue se desligar de tudo o que está aprendendo. Por mais que seja desgastante para a família, esse é um grande sinal de desenvolvimento!

crise dos 4 meses

 As fases de regressão de sono também podem acontecer aos 8, 10, 12, 18 meses e 2 anos de idade. Algumas crianças têm fases de regressão em todas essas faixas etárias. Outras, apenas em algumas e poucas não tem a regressão de sono em nenhuma.

Como lidar?

Diferentemente das regressões de sono que passam sem nenhuma intervenção, esta primeira regressão dos 4 meses dificilmente irá embora sem a ajuda dos pais. Muita calma e paciência são os principais segredos para atravessar essa fase. Confira outras dicas:

  • Retire qualquer luz do cômodo para que o bebê não se sinta estimulado;
  • Crie uma rotina de sono. Ela traz segurança, tranquilidade e previsibilidade ao bebê;
  • Mantenha um ambiente agradável para a hora do sono. Preocupe-se com o barulho e a temperatura do quarto;
  • Esteja preparada para mudanças nas sonecas e nas mamadas durante essa fase. Não hesite em oferecer sonecas adicionais ou colocar o bebê para dormir mais cedo. 

crise dos 4 meses

É importante ressaltar que amamentar o bebê até ele dormir pode criar uma associação errada de sono. Você pode embalar o bebê no colo e fazer barulhos como “shh”, mas o ideal é colocar o bebê ainda acordado do berço, para que ele aprenda a dormir sozinho.

Lembre-se que essa é uma fase temporária. Seu bebê não vai acordar tanto durante a noite para sempre, ou cochilar tão pouco. Esses são apenas os efeitos de um salto de crescimento que vai passar!

Quer saber mais?

Conheça a Beabá Grão de Gente, nossa plataforma de cursos online para as mamães mais bem informadas!

 

Leia mais:

O que é a crise dos 3 meses do bebê?

Terrible two: Prepare-se para a crise dos dois anos do bebê!

Efeito vulcânico no sono do bebê: o que é e como evitar

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Comentário
  • Gostei muito do artigo! Estou conhecendo o blog agora…. Meu BB acabou de fazer 4 meses(13/06),só q o caso com ele não é noturno! É o meu segundo filho, o meu primeiro não passou por isso… Meu BB, não consegue dormir de dia, mal tira uma cochilinha,e olha q ele adorava…

    14 de junho de 2020

Post uma resposta para Rochelle Cancelar resposta