a
HomeBebêAlimentaçãoComposição do leite materno do prematuro é diferente
a importância do leite materno do prematuro para o bebê
a importância do leite materno do prematuro para o bebê
s

Composição do leite materno do prematuro é diferente

O corpo humano é incrível e extremamente inteligente! Uma prova disso é que quando o bebê nasce prematuro, a mãe produz um leite com uma composição diferente da dos bebês a termo. Esse leite materno do prematuro atende especificamente as necessidades do bebê para um bom desenvolvimento neste momento tão delicado. O leite do bebê pré-termo é composto por uma quantidade maior de gorduras, vitaminas lipossolúveis, proteínas, lactoferrina e gorduras. Por outro lado, ele é pobre em lactose e vitamina C.

 

a importância do leite materno do prematuro para o bebê

 

Leite materno do prematuro

A enfermeira especializada em amamentação Lorena Oliveira, do Blog da Lo, conta que o leite materno é essencial para o bebê prematuro. “Ele irá proteger o pequeno de possíveis infecções e auxiliar na promoção da saúde”, explica a especialista.

O leite materno do prematuro contém um maior agrupamento de ácidos graxos de cadeia média, sódio, vitaminas A, D e E, cálcio, nitrogênio, energia, lipídios totais e proteínas com desempenho imunológico.

Lorena faz um apelo para as mamães de prematuro não desistirem de amamentar: “No início, tudo será mais difícil – principalmente, estabilizar o seu emocional, que é uma das grandes peças-chave para que a amamentação seja tranquila e tenha sucesso. Não se desespere e pense sempre que este é o melhor alimento para o seu filho. O leite materno contribuirá com o aumento de peso do bebê e proporcionará ao seu pequeno crescimento e um desenvolvimento saudável”.

 

Ordenhando o leite

A enfermeira especializada em amamentação explica a importância de fazer a ordenha: “O primeiro passo é ordenhar o colostro, que é o primeiro líquido que sai do seio da mãe após o parto. Por ser ejetado em pouca quantidade, muitas pessoas não acreditam que o colostro consegue suprir as necessidades nutricionais do bebê. Engano gravíssimo! O colostro é considerado a primeira vacina da criança após o nascimento. Além disso, ele é suficiente para saciar a fome do pequeno nos primeiros dias de vida.

É orientado que a ordenha seja efetivada nas primeiras 24 horas após o parto. Ela pode ser realizada tanto manualmente quanto por bombinhas (manuais ou elétricas). É muito importante que você busque e aceite a orientação de um profissional de saúde neste momento, pois assim você entenderá melhor a maneira com que a ordenha deve ser feita e conseguirá extrair o seu leite satisfatoriamente para nutrir o seu bebê”, conta Lorena.

 

Produção e extração do leite materno

Atenção, mamães: é imprescindível que a ordenha seja feita aproximadamente de 3 em 3 horas. Como já falamos, nada é fácil no começo, mas com a frequência de ordenhas, a sua produção de leite aumentará e a partir daí você conseguirá extrair uma quantidade maio – seja de colostro ou leite. O colostro é secretado gradualmente e em fluxo menor, mas nem por isso deixa de ser menos importante.

Vale ressaltar que ficar mais de 6 horas sem ordenhar o seio, aumenta a probabilidade de empedramento. Por esse motivo, se torna essencial que a extração seja realizada em um intervalo menor.

 

Início da amamentação

A enfermeira especializada em amamentação esclarece que com o passar do tempo, a partir do momento em que a equipe de profissionais observar que o reflexo de sucção e a ingestão do bebê já estão desenvolvidos, é dada a largada para o início da amamentação no peito – e a partir daí será só amor.

E o mais importante: acredite em você, acredite no seu leite, você é capaz!

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário