a
HomeBebêChoro de bebê: interprete os diferentes tipos
choro de bebê
choro de bebê
s

Choro de bebê: interprete os diferentes tipos

Musicista australiana detecta diferentes tipos de choro de bebê; ansiedade dos pais pode diminuir entendendo as necessidades dos pequenos e providenciando soluções mais rapidamente. Priscilla Dunstan é a australiana que acredita ter descoberto a linguagem dos bebês recém-nascidos (0 a 3 meses). Embora não haja muitos estudos científicos sobre seu método de diferenciação dos tipos de choro de bebê, suas ideias funcionam na prática – é o que podemos notar ao ver os vídeos no canal do Youtube de Priscilla (vídeos em inglês, mas os tipos de choro são universais)!

Desde criança, Priscilla já tinha uma aptidão musical ímpar, como conseguir reproduzir uma música apenas escutando-a. No entanto, foi apenas quando seu filho nasceu que ela começou a perceber que havia diferenças nos tipos de choro de bebê e que eles significavam algo específico. Foi então que ela utilizou suas habilidades sonoras para tentar decodificar os choros e facilitar a vida de outros pais.

Priscilla analisou mais de mil bebês e percebeu que as diferenças no choro dependem de cada necessidade e de cada sensação. Além disso, notou que a linguagem dos bebês é universal já que esses padrões não dependem de etnia, sexo ou região do nascimento, por serem baseados em reflexos do ser humano que acabou de nascer.

Conhecendo melhor os choros de bebê, ouvindo e prestando bastante atenção, os pais podem saber o que está acontecendo e tomar atitudes mais certeiras, aliviando o problema do bebê e fazendo ele parar de chorar. Priscilla desvendou centenas de sons! Veja aqui os 5 principais para ajudar no seu dia a dia:

Os significados de cada choro de bebê e como agir

choro de bebê

“Neh” – Fome

Para mamar, os bebês fazem movimentos de sucção e, com o choro, fazem o som “Neh”. Ao ouvir esse choro, dar de mamar deve bastar.

Owh” ou “Awh” – Sono/Cansado

Se o recém-nascido quer descansar, é como se ele bocejasse enquanto chora, deixa a boca numa forma oval, e o som que faz é “owh”/”awh”. De acordo com especialistas, quanto mais cansado ele fica, mais demorará para ele dormir. Por isso, acolha-o o mais rápido possível ao ouvir esse chorinho.

“Eh” – Arrotar

Se o pequeno sente a bolha de ar que engolem quando mamam, ao chorar, fazem uma pressão para soltar, e sai um som de “eh”. Faça-o arrotar colocando-o em uma posição ereta e dando tapinhas leves, mas firmes, nas costas.

 “Eairh” – Gases

Esse som vem do reflexo de contrair o abdômen por conta das bolhas de ar na parte inferior do estômago, as conhecidas cólicas. Por isso eles chorando com som de “eairrhh”. Uma das formas de ajuda-lo é fazendo massagem, levantando as perninhas em movimentos circulares.
“Heh” – Desconfortável

São pequenas reclamações, como se o bebê tivesse se queixando. Pode ser que esteja com a fralda suja, com calor, com frio, com a roupa apertada ou outro incômodo. Detecte o problema observando atentamente.

Esses são os 5 principais choros. O que achou?

Especialista brasileira em choro de bebê

Rafaela Rosa é a primeira especialista brasileira em choro de bebê segundo Priscilla Dunstan, veja aqui uma reportagem da GNT com ela para entender melhor o assunto e ouvir os sons aqui descritos.

Disso tudo, a notícia boa é que, seguindo essas e outras dicas desse estudo de Priscila Dunstan você terá mais certeza do que incomoda seu bebê. A notícia ruim é que o choro deles mudam a partir do quarto mês, mais ou menos.

Você conhece mais tipo de choros de bebê? Seu filho ou filha segue esse padrão? Compartilhe com a gente suas experiências!

Agora que você já sabe mais sobre os choros de recém-nascidos, dê uma passadinha na Grão de Gente para se apaixonar pelos quartinhos de bebês!

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário