a
HomeBebêBebê bateu a cabeça: O que fazer?
Bebê bateu a cabeça
Bebê bateu a cabeça
s

Bebê bateu a cabeça: O que fazer?

Um dos grandes medos que assombra papais e mamães é ouvir que o bebê bateu a cabeça! Não há quem nunca tenha escutado pelo menos uma história de tombo de crianças no início da vida. Por isso, tente não entrar em pânico, tombos e trombadas fazem parte do aprendizado.

Mas a pergunta que fica é: O que fazer se o bebê bateu a cabeça?! Ligar para o pediatra?! Procurar o atendimento de emergência?! Se você tem essa dúvidas, confira as dicas que o #BlogdaGrãodeGente preparou para você!

Bebê bateu a cabeça

O bebê bateu a cabeça – E agora?!

A primeira, e talvez a mais difícil das atitudes, é tentar manter a calma. A criança já vai estar assustada e acalmá-la fará com que você possa avaliar melhor a situação.

Passado o susto, observe se há cortes, sangramentos ou hematomas (os famosos roxos). Você pode fazer compressa com gelo, sempre protegido por um pano, para diminuir o inchaço.

Vale ressaltar que a intensidade da pancada é o que mais importa. No entanto, o local onde ela ocorre precisa ser levado em conta.

Nos bebês, a região da moleira é uma das mais sensíveis assim como, em qualquer idade, a área atrás das orelhas, bem na lateral da cabeça. Por ali passam artérias que podem se romper, criando hematomas.

Observe também o comportamento depois da queda. É aconselhável mantê-lo acordado justamente para verificar as reações dele, mas vale lembrar que o fato do bebê dormir não vai piorar a lesão. 

Bebê bateu a cabeça

É comum que o bebê fique cansado depois da queda, se isso acontecer, você pode deixá-lo dormir uns 20 minutos e acordá-lo, em seguida. O importante é observar se há sinais de desorientação, sonolência excessiva, vômitos, dores de cabeça ou choro excessivo.

Quando procurar o hospital?!

Se o seu filho desmaiar, vomitar uma ou mais vezes, mostrar desorientação, continuar muito irritado após 15 minutos da queda, ficar muito mole e sem pique ou se o machucado não parar de sangrar, não pense duas vezes e vá ao hospital. 

E fique atenta, pois esses sintomas podem aparecer mesmo horas depois!

Como em diversos casos, a prevenção é sempre o melhor caminho! Procure minimizar possíveis situações de queda, ficando atenta a altura do berço e objetos que podem servir como apoio. E, por último, a regra mais importante: nunca deixe a criança sem um adulto responsável por perto. 

 

Leia Mais:

 

Moleira do bebê: Tudo que você precisa saber

Cuidados que toda mãe deve tomar durante a quarentena pós-parto

Rotina de sono do bebê contribui para noites tranquilas

Compartilhe:
Classifique este artigo

Blog Grão de Gente é um bate papo diário sobre o mundo da maternidade! O Blog da maior loja virtual de enxoval e decoração para quarto de bebê do Brasil.

redacao@bloggraodegente.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário